Now Reading
Creer es crear
7 min · 29

Creer es crear

Chegou o momento da evolução da humanidade que permite que todos os teus pensamentos possam ser realizados cada vez mais rápido, depois do momento em que te concentras em querer criar algo. É disso que se trata “Crer é criar“.

É importante que saibas que tu és um criador capaz de atrair para tua vida tudo o que desejas. O que deves fazer é mudar o foco de onde estás tentando alcançar tuas metas pessoais, profissionais e espirituais.

Dizem os físicos que o cérebro é capaz de conscientizar somente 2 000 bits por segundo, dos 400 bilhões de bits que estás processando no mesmo segundo[1], com o qual o acesso à realidade a partir de tuas capacidades mentais se torna praticamente nada.

Esta descoberta quântica dá muita credibilidade ao Sócrates, o homem mais sábio da Grécia antiga, quando disse: “só sei que nada sei”, como um verdadeiro reconhecimento da impotência do intelecto para conhecer a verdade.

A mente é uma grande ferramenta que tens à tua disposição para manter-te em equilíbrio com o ambiente onde vives e te desenvolves, ajudando-te de forma significativa no processo de sobrevivência. Ela é a melhor servidora que temos, no entanto, a sociedade transformou o papel de serva e lhe deu um papel para o qual não está preparada; foi elevada aos pés do poder, concedendo-lhe o controlo criativo sem ter as capacidades necessárias para o efeito, gerando dessa forma, tudo o caos existente em todo o mundo.

Os 2 000 bits que conscientizas por segundo, só te permitem ter uma visão da realidade muito subjetiva e limitada, além de que os teus pensamentos estão parcializados e condicionados com as experiências anteriores que tiveste.

No cérebro habitam as emoções negativas

Pelas tuas limitações, os processos mentais não estão em capacidade para tomar decisões certas e confiáveis por estar saturados de mensagens e emoções negativas da vida cotidiana, instaladas desde o instante em que tu foste concebido no útero de tua mãe e reafirmados ao longo da vida.

O medo, a ansiedade, a angústia, o conflito, a luta, a raiva e a culpa, entre outras emoções negativas, tomam o poder em sua vida cada vez que tuas razões assumem o controlo e te deslocam da consciência do teu verdadeiro ser. Dessa maneira, não te permitem manter o centro que precisas para criar a realidade harmoniosa e compatível com aquilo que desejas.

Quando crenças profundas baseadas em programas mentais que tens guardado no teu subconsciente te dizem que não vai ser fácil conseguir o que desejas, automaticamente começas a atrair as dificuldades a partir do momento em que entras em ação, pois a tua mente está se concentrando no difícil e isso vai tornar-se tua experiência.

O coração contém as emoções positivas

A ciência está descobrindo que o órgâo que verdadeiramente tem acesso ilimitado aos 400 bilhões de bits que processamos por segundo, é o coração.

As investigações do Instituto HeartMath[2], estão a demonstrar que toda a informação entra primeiro ao “cérebro” do teu coração e, a partir daí, é dirigida diretamente aos órgãos relacionados com os dados que foram processados ou enviados ao cérebro em tua cabeça. Ao mesmo tempo, as pesquisas estão indicando que o coração é o único órgão em enviar mais informação para o cérebro, que aquela que recebe dele.

A forma em que tu processas toda esta informação de dimensões gigantescas através do coração é realizada a partir da inteligência emocional, cuja natureza é completamente diferente ao do cérebro racional; por essa razão não podes compreender ou analisar esse processo a partir de tuas capacidades racionais. O coração é o teu verdadeiro centro, assim como é o espaço que possui todas as características que te permitem viver desde o bem-estar.

Por isso, quando te apaixonas e o coração quem toma o poder, tua vida se harmoniza em muitos sentidos. Além de te tornar em uma pessoa que vive ao máximo durante o namoro, tu sentes que a pessoa que é o fruto do teu amor é perfeita em todos os sentidos, percebendo-a como algo imaculado e perfeito.

O namoro permite que se incorporem em teu cotidiano todos os programas que estão instalados como um pacote automático em teu coração, como são a confiança, o gozo, a paz, a certeza, a fé, a inocência, o merecimento de receber, a abundância e a prosperidade, entre muitos outros.

Em resumo

O amor, a certeza e a fé, são os principais programas que habitam em teu coração, e te permitem crer, para que depois possas criar o que quiseres. O medo, a raiva, a culpa, a dúvida e a ansiedade são as principais emoções negativas que têm vida em tua mente; elas são capazes de fazer que desistas de qualquer coisa que quiseres fazer. Se te deixas levar por todo o ruído e a confusão que geram essas emoções quando não podes parar os pensamentos, o que te propões é derrotado desde o início.

Os circuitos neurais podem ser reprogramados.

Da mesma forma que um computador funciona de maneira automática, te encontras inconscientemente criando a realidade a partir de programas gravados em teu cérebro, repetindo impulsos, condutas adictivas e situações. Sem perceber, tu fazes isso com a informação guardada nos circuitos neuronais que se foram formando no cérebro desde o útero de tua mãe e reafirmados ao longo de tua vida.

Esta proposta de “Crer é criar”, te convida a limpar esses circuitos neurais do lixo mental que vais adquirindo cada vez que te desanimas, porque pensas que não podes, que não estás feito para isso, que não sabes, que tu és vítima dos outros, etc. Estas afirmações negativas provêm de viver tentando encontrar respostas racionais que a mente não tem, como resultado de que seu acesso à informação real é extremamente limitado.

A proposta te convida a desenvolver novos circuitos neurais que contêm as permissões pelos quais te vais tornar merecedor da felicidade. Estes novos circuitos te ajudarão a alcançar os objetivos que te propões, através de ações ligadas ao coração, desenvolvendo os protocolos e as ações necessárias para isso.

Eu sugiro que te tornes um testemunho vivo para a sociedade, de que todos nós somos criadores para transformar-te em um modelo a seguir por tua família, por teu ambiente afetivo, social e de trabalho, a fim de que os interessados possam receber a permissão para alterar e elevar as suas vistas, orientando-se a viver a partir de uma perspetiva mais elevada.

Para poder viver e criar a partir do coração, tu tens que aprender a dirigir a roda dos pensamentos intermináveis que habitam em tua mente, a fim de mandar à mente servidora que cumpra com as tarefas que lhe atribuis. Ao aprender a focar a mente na função de serva tu entrarás no presente, único tempo que existe, o eterno presente. Nem o passado nem o futuro realmente existem, só existe um eterno presente.

O presente como escada para o seu céu pessoal

Vivemos em um mundo de três dimensões, o linear é unidimensional, o plano é a segunda dimensão, o espaço é a terceira dimensão (comprimento, largura, altura), e até aí chega o nosso entendimento, porque a quarta dimensão é algo que escapa à nossa compreensão.

See Also

Agora a ciência nos diz que a quarta dimensão é o tempo, e os físicos nos anunciam que foram descobertas outras dimensões.

Quando a tua atenção se instala na dimensão do tempo presente: aqui e agora, te conectas com essas dimensões superiores, que te permitem descer do teu subconsciente informações certas, superando o que é possível compreender nesta dimensão espacial limitada na que vives.

No presente, ao abrir-se a conexão com o coração, se produz um fenómeno de expansão da consciência, o qual abre as portas do teu céu pessoal multidimensional, onde o criador que tu és se encontra livre e com todas as permissões para levar a cabo o que desejas

Da mesma forma que não percebemos cores e sons que existem fora das escalas que somos capazes de ver ou ouvir, esses outros Eu da nossa consciência que habitam em dimensões cujas vibrações não são percebidas pelo mundo dos sentidos, são capazes de nos orientar para nossos objetivos, ativando nesses planos superiores os mecanismos que permitirão reduzir a informação a esta dimensão tridimensional.

Em geral, todos os criadores, tanto cientistas, construtores ou inventores, como Júlio Verne ou Nikola Tesla, tiveram a certeza e creram que o que estavam fazendo era o que tinham que fazer, embora as razões não estivessem do seu lado. Todos começaram a ter uma visão para depois baixar a informação das dimensões súteis, que os conduziu para a realização de sua perceção.

Trata-se de um processo que não podes compreendê-lo mediante o uso de tuas capacidades mentais. É magnetizar o que tu queres, quando tomas o poder a partir desse nobre órgão que é o coração, ativando a fé e a certeza de que tudo o que conseguires manter na tua visão corretamente focada, é inexoravelmente atraído para ti, através de uma cadeia de eventos, muitas vezes imprevistos e fora dos cálculos racionais.

Os desafios que tens pela frente.

A frase “eu acredito” em castelhano, pode ser aplicado tanto para crer como para criar, o que nos define de forma clara e transparente o alinhamento durante o processo criativo, de que quando a mente se concentra no coração e se mantém na presença, promove-se a realização do processo criativo.

Para fazer com que tuas criações futuras e as da humanidade sejam realizadas através das características de fluidez e facilidade, tens que, como todos, colocar teu grão de areia e alterar as crenças, assim como os pensamentos dominantes instalados em teus neurónios, através de um adequado trabalho interior.

Criar depende principalmente de crer no poder que tu tens para obtê-lo. Quando alcanças essa certeza, todo o caminho se endireita alinhando tuas intenções e atraindo tudo o que precisas para a realização do que desejas.

Quando sejas capaz de fazer a mudança e passar o centro de tua vida, da mente ao coração, atrairás o foco e a energia necessárias para expulsar do teu cérebro os programas que te afetam, que são aqueles que não te permitem acreditar no que realmente podes

Então, tu poderás realizar um trabalho de transformação ou atrair uma pessoa (treinador), quem te acompanhe no processo, para instalar as permissões, a fim de conseguir manter-te na confiança de que existe uma inteligência superior que te assiste, que pode conseguir absolutamente tudo o que desejes. Nesse momento terás chegado à dimensão perfeita, a dimensão que produz a fé e a certeza necessárias para poder criar a realidade conscientemente.

Roberto Ferreiro

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Copyright © Todos los Derechos Reservados

Aviso Legal - Política de privacidad - Política de cookies

Scroll To Top