Now Reading
O ego, a máscara social que nos impede de ser livres
3 min · 73

O ego, a máscara social que nos impede de ser livres

Eckart Tolle, é quem me fez ver o meu ego de maneira palpável no seu livro “O Poder do Agora”. Eu tenho a versão original, a traduzida e o audiolivro, tornando-se no meu livro de cabeceira desde que eu comecei esta viagem de viver o presente.

Por não houver separação entre o ego e os pensamentos que cruzam a tua mente e como te identificas com a cultura de tua vida e do coletivo, o que tu pensas é a ideia do que TU és, dizendo a ti mesmo o bom ou o fracassado que tu és. Em qualquer dos casos, se tu acreditas nisso é uma visão pobre de ti mesmo.

Cada pensamento é uma forma de energia.

A maioria das pessoas vivem com pensamentos negativos que chegam a acreditar e, na medida em que ocorrem, a mente ataca mais profundo e isso te faz ser muito duro contigo mesmo e, claro, com outros.

Ao fazer julgamentos aos outros é a maneira como projetamos a imagem de nós mesmos. Vendo a realidade através do ecrã dos nossos pensamentos que estão condicionados pelo nosso passado, sim, o passado, sendo assim, uma forma horrível de viver o presente, obstruindo a nossa realidade, tornando-a escura. Ao identificarmos com os nossos pensamentos, estamos acreditando totalmente que são certos e não há espaço para ver o que está dentro de nós, pois a mente ocupa todo o espaço e deixa tudo nublado.

A importância de compreender o pensamento

O primeiro momento de liberdade começa quando tu compreendes que esses pensamentos ou ideias estiveram dentro de nós por anos e que TU não és isso, porque pensamos que “as coisas ruins sempre me acontecem” e “vejo como as coisas boas só passam aos outros“. Muitas vezes pensamos assim. Quando algo acontece, é porque foi criado por nós mesmos, então, o nosso ego nos diz: “tinhas razão” e, daí, o famoso ditado “pensa mal e acertarás“, claro que vais acertar porque criaste uma escolha percetiva da realidade, atraindo as coisas negativas. É incrível como criamos o nosso mundo através dos nossos pensamentos.

Muitos têm medo do fracasso pelo juízo que têm de si mesmos. Vem do seu pensamento, do sofrimento que sentiria se fracassam em sua tentativa. Acontece que esse pensamento é totalmente falso, não é certo, é impossível saber o que vai acontecer se não tem passado. A maioria das pessoas vivem num pensamento hostil de si mesmos, gerado pela mente e não pelo mundo.

 

Afasta o ego e reconhece a humildade

Ryan Holidar propõe em seu livro “O ego é o inimigo”, que quando damos muita importância ao dinheiro, por exemplo, essa grande importância pode ser prejudicial para viver, tanto no sucesso como no fracasso. Então, para focarmos em um projeto devem existir muitas atividades que serão emocionalmente difíceis e, por isso, as postergamos, escapamos delas, perdendo assim o foco daquilo que realmente é importante. No início de qualquer tema das nossas vidas é muito importante reconhecer a humildade. Podemos ter muitas coisas como o dinheiro, as amizades, o reconhecimento, o amor de alguém e sentirmos vazios, então, perguntamo-nos: o que é que está a acontecer dentro de mim? Não te compares com ninguém, só faz isso contigo mesmo. Segue teu próprio caminho, não te vitimizes, nem te culpes e nem te julgues.

Se queremos realmente trabalhar em nosso propósito de vida, temos que abandonar a necessidade de reconhecimento e cultivar o conhecimento diariamente. Trabalhar simplesmente para servir aos outros, sem estar atentos aos resultados como a gratificação, a adulação por acreditar que estamos a fazê-lo bem, recebendo likes no que anunciámos nas nossas redes sociais. O importante é entregar com amor o que queremos dar para aquietar o nosso ego.

Com o C de Certeza, convido-te a comentar ou colocar qualquer dúvida que tenhas, e pessoalmente responder-te-ei. Se pensaste em alguem, por favor, partilha este artigo, pois, lhe pode gerar valor.

See Also

Obrigado por investir em ti!

 

Santi Fernández

@yoinviertoenti

 

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Copyright © Todos los Derechos Reservados

Aviso Legal - Política de privacidad - Política de cookies

Scroll To Top